Home Artigos Dez razões para o funk ter mais atitude que o rock

Dez razões para o funk ter mais atitude que o rock

179
0
SHARE

Trata de temas ainda considerados tabus

Sexo, criminalidade, uso de drogas, tudo isto aparecia em letras como Light My Fire, Whole Lotta Love, Sister Morphine, Sweet Leaf, I Shot The Sheriff, Can’t Get Enough… isto tudo dentro do chamado “rock clássico”. Tratar destes temas era considerado como errado, pois, a despeito deles serem aceitos como parte do meio social, são discriminados enquanto assuntos cotidianos. Da mesma forma, as letras destas músicas são espetacularizadas para fazerem sentido, com diversos exageros e licenças poéticas.

O funk faz a mesma coisa. Transforma em um espetáculo e cria uma deformação da própria realidade por meio do exagero. Tanto que é comum as letras terem narrativas, afim de dar algum traço de proximidade com o real. É uma herança do nosso rap, mas numa vertente bem diferente. E é essa mesma narrativa que constrói um padrão de identidade, afim de proporcionar aos ouvintes a identificação, se necessária.

Compartilhe
Share