SHARE

24Talvez o nome de Ian Dominick Fernow seja estranho para muitos de vocês. Mas quem conhece música industrial certamente já escutou o Vatican Shadow ou mesmo o seu projeto mais famoso, o Prurient.

Nascido em Wisconsin em uma família tradicional católica, o jovem Ian sempre teve interesse por música experimental. O seu interesse por música começou, de fato, quando começou a trocar fitas de death metal, sobretudo da banda Deicide, que fizeram com que ele tivesse um apreço por sonoridades extremas.

Isso se reflete em muitos dos seus projetos, sobretudo no Prurient, projeto de power electronics que flerta com gêneros como techno, drone, ambiente, heavy metal e outros, tendo inclusive um disco, o Worship Is the Cleansing of the Imagination, contendo a participação de ninguém menos que um dos pais do metal industrial, o Justin Broadrick do Godflesh.

O Vatican Shadow, por outro lado, busca uma sonoridade orientada à música ambiente e também aos ritmos eletrônicos como synthpop e electro music, com temas que procuram questionar e criticar a religião cristã e seus dogmas.

Há uma cacetada de outros projetos que ele possui, todos eles variando dentro dos gêneros da música post-industrial, tornando-o um grande artista, que também lança muito de seus trabalhos pelo seu próprio selo, o Hospital Productions, que já lançou grandes nomes do gênero como Controlled Bleeding e o Jugend Sutcliff.

Links Relacionados

http://hospitalproductions.net/

Compartilhe
Share