Home Entrevistas ENTREVISTA: Vyrion

ENTREVISTA: Vyrion

85
0
SHARE

VPortVyrion é uma banda Australiana de Black Metal, mas não somente Black Metal. Eles incorporam uma grande musicalidade, sendo assim, saindo do padrão das bandas do estilo e criando um estilo próprio de fazer música. A banda lançou em 2011 o álbum que leva o nome da banda, “Vyrion”, com uma aceitação poderosa do público e da mídia especializada. Vyrion pretende lançar no final do ano seu segundo álbum, chamado “Geo”. Confira a nossa entrevista com eles.

GroundCast – Para iniciarmos, como tudo começou?

Inicialmente Vyrion começou com dois membros principais. Desde o lançamento do EP de 2007 que foi descontinuado, a banda em 2011 decidiu lançar um álbum (Vyrion), tentando assim dar um passo adiante no que era conheci como Vyrion. Influências e direções foram mudando constantemente, até o momento que chegamos onde queríamos, fazendo assim um som que não era guiado por nenhum selo ou gravadora.

315512GroundCast – E quais são as influências da banda?

Como a banda existe há um certo tempo e temos praticamente duas etapas, 2007 e 2011, posso dizer que a banda passou por duas grandes fases de influências. No começo bandas como Opeth, Enslaved e Porcupine Tree nos ajudaram a criar muitas coisas que continuam até hoje em nosso som. Atualmente posso citar, Immortal, Melechesh, Inquisition, Altar of Plagues e Ruins como principais influências.

GroundCast – Eu conheci a banda por uma propaganda de Facebook e posso dizer que realmente gostei do trabalho de vocês. Como tem sido a aceitação do público?

Nosso álbum de estreia teve muitos feedbacks positivos, tanto nacionalmente como internacionalmente. Claro que o mais importante é o apoio dos fãs e os shows, mas ter um álbum bem aceito é algo que faz com que queiramos continuar, nos mostra que estamos no caminho certo. Para conseguirmos nossos objetivos, precisamos de pessoas que nos escutem e dividam isso com amigos – e isto é exatamente o que está acontecendo.

GroundCast – Quais são os planos futuros da banda, eu vi que vocês colocar uma música nova no Soundcloud (Apex). O que planejam?

Estaremos lançando nosso segundo álbum no final de 2013, com o título de Geo. Apex é uma das músicas presentes nele. Tentaremos lançar esse álbum de forma mais experimental, utilizando a internet para isso. Através dela, as faixas serão lançadas individualmente, de forma episódica, acreditamos que com isso as pessoas terão mais contato com a nossa música. Quando todas as faixas tiverem sido lançadas, ai sim, faremos um álbum em forma física e tradicional como vocês conhecem.

GroundCast – Ao meu ver a Austrália está mostrando ótimas bandas, temos o Ne Obliviscaris, Rise of Avernus, A Million Dead Birds Laughing, Katabasis e ainda posso continuar aqui citando outras igualmente boas. Para mim, o Vyrion está em um patamar de bandas realmente boas, como é o método de composição de vocês?

É basicamente um exercício de fluidez, deixamos as coisas acontecerem de forma solta e fluida. Não criamos nossas músicas com estilos pré-determinados em mente, não nos trancamos em um problema que nos limitaria. Veja bem, se você quer soar black metal, você automaticamente se tranca nesse estilo e ao meu ver a produtividade caí e bastante. Tentamos satisfazer a nós mesmo e não nos guiar por nenhuma fronteira pré-estabelecida.

GroundCast – Vocês tem algum outro projeto ou música que gostariam de nos mostrar?

Temos nossa segunda música completa para o álbum Geo, chama-se Pit e pode ser escutada no nosso Soundcloud – https://soundcloud.com/vyrion-geo/pit

GroundCast – Estamos na era da internet, onde tudo pode ser baixado de graça e facilmente, o que vocês pensam sobre isso?

A internet e a forma que ela se espalha e totalmente crucial para nós. Sem ela, provavelmente você nem nos conheceria, assim como muitos outros fãs. Quando lançamos o primeiro álbum, nós o deixamos para download no BandCamp usando o “Name your Price”, dando as pessoas a opção e baixar ele totalmente de graça de nós. As pessoas já vão baixar, então que seja de nós mesmos. Nós vendemos algumas cópias físicas e vimos que ainda tem uma demanda grande para esse material mais tradicional e claro, colecionadores. O mais importante na música é a sua distribuição, a forma como ela chega aos seus ouvidos é o menos importante66615_10151532115524796_1193588451_n. Precisamos de pessoas ouvindo nossas músicas, não importa como elas colocam suas mãos nela.

GroundCast – Vocês são músicos profissionais ou tem algum outro emprego?

Todos os membros da banda trabalham em áreas diferente. Para nós, a banda sempre será algo separado de nossos meios financeiros e gostamos assim, não quere
mos que a música seja guiada pelo desejo de se ganhar dinheiro.

GroundCast – Você já tiveram algum convite para tocar na América do Sul? E conhecem alguma banda daqui?

Ainda não recebemos nenhum convite, mas tocar no seu continente é com toda certeza algo que esperamos fazer, uma meta que queremos chegar. Bandas, posso citar Patria, Vinterthron e claro Sarcófago, são essas as primeiras que aparecem em nossas mentes, mas com certeza, acredito que ainda tem muitas que não foram descobertas ainda.

GroundCast – Agora o espaço é de vocês, para falarem com os leitores e com os fãs. Muito obrigado e continuem com o ótimo trabalho.

Gostaríamos de agradecer todos os nossos ouvintes do Brasil. Temos recebidos muito apoio e uma ótima recepção, obrigado, pois isso faz com que queiramos fazer mais matérias. Esperamos tocar por aí em breve.
Hails!

Vyrion.

Links: Bandcamp

Facebook

[soundcloud url=”http://api.soundcloud.com/playlists/3220048″ params=”” width=” 100%” height=”450″ iframe=”true” /]

 

Compartilhe
Share