Helalyn Flowers – White Me In Black Me Out (2013)

You can read this post in: Inglês

A dupla italiana HELALYN FLOWERS lança o terceiro disco de sua carreira, “WHITE ME IN BLACK ME OUT”, quatro anos após “Stitches Of Eden”, ambos pela Alfa Matrix. E o que esperar deste disco?

A começar, trata-se de um álbum que mescla música eletrônica (mais especificamente o synthpop e o electro), com o rock alternativo e o heavy metal. Contando com a bela voz de N0emi Aurora, este trabalho é, sem dúvidas, o mais maduro dentre o que já foi produzido anteriormente, fugindo de uma estética mais synthpop e abraçando o electro, tornando o disco bem dançante e pesado.

Abrindo bem o disco, o single “Before The Sunshine” tem aquela levada bem pop, bem chiclete, um electro-rock bem gostoso de ouvir. “Collide” possui uma levada mais electro-industrial, com referências muito claras a grupos como Leather Strip e Skinny Puppy. “White Me In Black Me Out” é uma daquelas músicas grudentas, com melodias bem simples e uma levada bem synthpop, mas com uma puxada mais rock. A faixa “Tribes Of The Future” é mais hardrock, mais intensa, com menos marcas de música eletrônica que as outras músicas do álbum. “Alkaline Twins” mantém a linha electro/heavy metal do disco, sem soar repetitiva ou parecida com as outras composições. “Electric Night” se aproxima do heavy metal, onde é possivel notar uma mescla entre o clássico dos anos 90, com guitarras na mesma linha do FEAR FACTORY e também a sensualidade e a força do vocal feminino de Aurora.

É em “Rid Of Me” que a banda definitivamente mostra suas raízes no heavy metal, junto de um teclado que faz um grande tributo aos anos 80. “Shake” continua com as marcas de músicas dos anos 80, mas desta vez usa da música eletrônica mais marcante. “Utopia” é o mais puro electro, que depois muda seu andamento com a introdução de uma guitarra. Antes de terminar o álbum começa a “Hi-Tech Medusa”, com batidas no melhor estilo EBM oldschool, transformando-se em uma melodia bem dançante, ganhando corpo e peso. E fechando esta obra a música “Lost In Translation”, que arrisca um começo bem interessante, com uma percussão legal e encerrando de forma bastante interessante o disco.

Fazendo uma contagem geral, é um bom disco. É o melhor trabalho do Helalyn Flowers, que conseguiu se recriar sem soar descaracterizado, arriscando bastante na música eletrônica e no rock/metal, criando uma boa combinação.

Tracklist

1. Before The Sunshine (3:25)

2. Collide (3:42)

3. White Me In Black Me Out (3:38)

4. Tribes Of The Future (4:26)

5. Alkaline Twins (4:00)

6. Electric Night (4:25)

7. Rid Of Me (3:32)

8. Shake (2:41)

9. Utopia (4:21)

10. Hi-Tech Medusa (4:33)

11. Lost In Translation (4:32)

Confira abaixo a música “Before the Sunshine”: