Home Review In Vida – Reflexões (2012)

In Vida – Reflexões (2012)

50
0
SHARE

You can read this post in: Inglês

Image frontSabe quando você está diante de um grupo que não parece ser grande coisa e, no fim, se mostra uma surpresa muito grata? In Vida cumpre muito bem esta premissa, aliando uma música pesada e tendo grandes diferenciais com relação a outras das nossas “promessas” nacionais.

Em primeiro lugar, classificar o In Vida é algo ingrato. É uma mistura bem coesa de gêneros modernos, como new metal, pop rock, música eletrônica, metalcore, hardcore melódico. Para simplificar, vamos encarar como uma banda de rock alternativo com muitas influências.

Com músicas em português, o grupo abre o disco com uma introdução para  cair em “Erros”, com uma pegada de música eletrônica. A música chama a atenção logo de cara, por sua levada mais calma, com um jeito pop e refrão grudento. “Tempo”, que é a música de trabalho deles, já tem um começo pesado e uma letra com estrutura bem grudenta. É uma excelente música.

“Amanhecer” tem uma linha mais melódica, com um violino de fundo. É uma faixa bem metalcore, com guitarras bem marcadas e limpas. “Resposta” dá uma pausa, sendo uma balada pesada com um sampler eletrônico rolando de fundo, no melhor estilo Nine Inch Nails. “Forças para Lutar” tem um início bem ao estilo Fear Factory, para a música seguir um com sampler de trance. É uma música bem emocional, intensa e forte.

“Lembranças” é um new metal dos bons. É difícil não lembrar de Linkin Park e de Deftones ao ouvir esta música, cuja melodia é agressiva, com um pouco de “rapping” nos vocais. “Palavras” é um outro single do grupo, uma balada pesada bem moderninha, contendo uma versão acústica ao final do disco que, infelizmente, não faz jus a versão “plugada”. “Último Segundo” já tem um pouco de perda daquele gás do começo do disco, embora traga boas mudanças no andamento sonoro, sendo uma música mais direta. E encerrando com a música “Uma Só Voz”, mais uma baladinha pesada muito bem pedida e perfeita para o fim do disco.

Fazendo um saldo geral, o disco é bom demais. Se você não tem problemas com uma música mais moderna, influenciada pelos gêneros mais “teen”, escute. São estas influências que tornam a música do IN VIDA bastante atraente, sendo que cabe apenas o rótulo de “rock” para a música deles.

01. Intro

02. Erros

03. Tempo

04. Amanhecer

05. Resposta

06. Forças pra Lutar

07. Lembranças

08. Palavras

09. Último Segundo

10. Uma Só Voz

11. Palavras (Acústica)

Confira o vídeo de “Tempo” logo abaixo:

Download gratuito do CD: http://www.invidaoficial.com.br/

Compartilhe
Share