Home Artigos Recomendação da Semana

Recomendação da Semana [+singelo review]

61
0
SHARE

Aew! Aqui estou novamente (atrasado como de praxe), mas cheguei com coisa boa! Alías “boa” é um baita desmerecimento com esta banda originária da Suécia e que tem feito trabalhos consistentes demais desde seu albúm de estréia “Vemod” de 1993 (que contou com Per Wiberg nos teclados), mas que infelizmente ainda não obtiveram o devido reconhecimento pelos seus trabalhos, que se dão essencialmente no universo (amorfo) do progressivo, não do metal progressivo, mas do progressivo em sua essência que eclodiu de vez nos 70’s com nomes expressivos, tais quais: King Crimson, Pink Floyd, Gentle Giant, Genesis, Van Der Graaf GeneratorMagma, etc. e que posteriormente teria sobrevida com Marillion, Rush (em certa medida), Supertramp, enfim.

Anekdoten é uma surpresa agradável e de “fácil” audição, num sentido que logo se apega a banda e passa a ouví-la buscando conhecer melhor seus trabalhos, tudo isso pela recompensa subjetiva de deleites auditivos. A banda mostra versatilidade, tanto entre seus discos de estúdio quanto ao vivo, tanto é que gravaram nada menos que três “live”. Tal fator é interessante pois já mitiga eventuais preconceitos que tendem a suscitar uma certa linearidade (monotonia) sonora, apesar de haver sim um elo comum aos trabalhos, contudo esse é apenas um traço que a banda forjou e não representa algo que incomode.

Este albúm é o último release deles e mostra o apogeu da banda, que sem desmerecer os albúns anteriores pois são excelentes, contudo mostra a maturidade sonora que alcançaram, bem cadenciada com mellotrons, flautas e guitarras… preciso nem dizer o quão influenciados são por King Crimson.
Altamente recomendado em momentos mais introspectivos e solitários, assim como também é bastante pertinente ser apreciado numa viagem (física) na qual paisagens bucólicas saltam às janelas, alternando numa inconstância amorfa que possibilite eventuais estados transcendentais.

Instrumentos bem conectados na dosagem certa, um baixo marcante e presente, um violão que às vezes aparece sorrateiramente e dá um toque especial causando um deleite único, guitarras dosadas e muito bem executadas… um mellotron que… e o vocal, um vocal normal sem floreios e aparentemente simples demais mas bastante pertinente ao som da banda!
Destaque para ” A Sky About To Rain; Stardust And Sand” e minha favorita Prince of the ocean…

Algumas curiosidades:  a banda iniciou como um cover de King Crimson, mudando posteriormente seu nome para Anekdoten. Conhecem o “Morte Macabre” então “(Em 1998 o álbum Symphonic Holocaust foi lançado, gravado por Nicklas Barker e Peter Nordin do Anekdoten, juntamente com Stefan Dimle e Reine Fiske da também banda de rock progressivo sueca Landberk. O álbum contava com temas de filmes de horror como Cannibal Holocaust e O bebê de Rosemary. Sua música foi caracterizada pela improvisação e pelo grande uso de mellotron e sintetizadores.)”
Além disso, Nicklas recentemente produziu a trilha do filme “El Último Fin de Semana” que angariou boas críticas.

Mais uma surpresa bastante agradável vinda da Suécia! Fica aí a dica, para aqueles que ainda não conhecem, e para os já conhecedores, a lembrança agradável.

Banda: Anekdoten
Albúm: Time of Day
País: Suécia
Gênero: Progressive rock
Ano: 2007

Songs / Tracks Listing

1. The Great Unknown (6:22)
2. 30 Pieces (7:13)
3. King Oblivion (5:02)
4. A Sky About To Rain (6:29)
5. Every Step I Take (3:06)
6. Stardust And Sand (4:29)
7. In For A Ride (6:47)
8. Prince Of The Ocean (5:30)

A Sky About to Rain + Every Step I Take

Compartilhe
Share