Home Review Review: Ecliptyka – A Tale Of Decadence (2011)

Review: Ecliptyka – A Tale Of Decadence (2011)

82
0
SHARE

You can read this post in: Inglês

O power metal é um estilo bastante desgastado pelo excesso de clichês. Exceto pelos grandes nomes do estilo, como BLIND GUARDIAN, GAMMA RAY, HELLOWEEN, STRATOVARIUS, NIGHTWISH e MANOWAR, boa parte das bandas tende a se tornar clones malfeitos destes grupos. O ECLIPTYKA, infelizmente, cai neste mesmo problema, mas ainda sim consegue fazer um trabalho bastante competente e bem produzido.

Helena Martins possui uma voz muito forte, potente, boa para o gênero. Contudo, talvez até mesmo pelo pouco tempo de banda até o lançamento deste disco, é impossível não notar as semelhanças em estilo com a DORO PAESCH. O que não é, de forma alguma, demérito, mas fica nítida a diferença de técnica na música “Splendid Cradle”, que conta com Danilo Herbert (MINDFLOW) compartilhando vocais.

Sobre o disco, ele é muito bom do ponto de vista técnico. Bem produzido, contou com a masterização de Brendan Duffey, responsável pela produção de álbuns de diversas bandas renomadas do Brasil, como ANGRA, ALMAH e TORTURE SQUAD. Então espere por um disco limpo, de instrumentos bem marcados e um instrumental de encher os ouvidos. Bons riffs, solos e bateria, tudo certinho, tudo redondinho.

Destacam-se as faixas “We are the same”, que conta com a participação de Marcelo Carvalho do Hateful fazendo os vocais guturais e deixando a música com cara de um “death metal melódico”; “Splendid Cradle” e a sua contraparte “Berço Esplêndido”, com a excelente participação de Danilo Herbert, com uma introdução no melhor estilo NIGHTWISH fase Tarja Turunen e “Hate”, que traz uma atmosfera mais brutal ao som da banda, diferente das outras músicas.

Um bom trabalho para quem é fã de power metal com vocal feminino. Se você for uma pessoa que gosta de ver os bons clichês reaproveitados, esta é uma boa pedida e um disco mais do que recomendado.

  1. The Age of Decadence
  2. We Are The Same
  3. Splendid Cradle
  4. Fight Back
  5. Dead Eyes
  6. Echoes From War
  7. Hate
  8. Why Should They Pay?
  9. Look at Yourself
  10. I’ve Had Everything
  11. Unnatural Evolution
  12. Eyes Closed
  13. Berço Esplêndido

Compartilhe
Share