Home Review Telepathy – Tempest (2017) + Stream

[Review] Telepathy – Tempest (2017) + Stream

58
0
SHARE

1. First Light

2. Smoke from Distant Fires

3. Celebration of Decay

4. Echo of Souls

5. Apparition

6. Hiraeth

7. Water Divides the Tide

8. Metanoia

Post Metal / Black Metal, Golden Antenna Records

Eu gosto muito quando recebo bandas novas aqui no Groundcast. Eu conheço quase sempre coisas muito interessantes, sobretudo dentro da chamada cena experimental e também agora do post metal/rock. Posso dizer inclusive que me é grata a surpresa em ouvir o disco Tempest dos britânicos do Telepathy.

Musicalmente defino como uma mistura complexa de post metal com black metal. Apresentam inclusive musicalidade complexa, aproximando-os brevemente do progressivo, sobretudo por linhas de guitarra muito fortes e uma bateria assustadoramente técnica sem precisar tocar na velocidade da luz e quebras de ritmo muito competentes.

O disco abre com uma introdução chamada First Light, que apresenta alguns drones e algumas partes de teclado, para depois chegar quebrando tudo em Smoke from Distant Fires. Essa faixa apresenta uma mistura muito densa de um doom metal bastante tradicional com levadas de black metal ao longo da música. Celebration of Decay parte para um lado bem sludge, cortado por baterias muito bem colocadas, que adicionam um tom ainda mais caótico à música. Echo of Souls apresenta ao ouvinte uma pegada mais progressiva e épica, com arranjos mais melódicos, apostando num ritmo mais cadenciado e com muita técnica, para depois entrar num post metal com um vocal bem arrastado e gritado, que faz um tributo muito bonito ao Neurosis, sendo a única canção com vocal deste trabalho.

Apparition é um black metal da melhor qualidade, que depois se transforma em um doom bastante melodioso. Hiraeth para mim é uma das melhores músicas desse disco, pois traz a essência da banda, misturando muito daquele post metal épico com alguma coisa de rock progressivo e até mesmo de doom metal e muitos momentos com blast beats. Water Divides the Tide é puro post metal, do começo ao fim, com uma música bastante carregada de energia. Metanoia encerra esse trabalho com um doom metal bastante introspectivo e uma linha de bateria extremamente complexa e técnica, com alguns momentos mais rápidos.

No geral, é um excelente trabalho, de muito bom gosto. Talvez destacaria como problema o fato de algumas músicas soarem muito parecidas estruturalmente, mas nada disso compromete o conjunto da obra.

Links Relacionados

Facebook: http://www.facebook.com/telepathyband

Bandcamp: https://telepathyband.bandcamp.com

Label: http://www.goldenantenna.com

Compartilhe
Share